Opera e Jaws

Novembro 3, 2007 at 11:55 pm (Reviews)


Para terminar a análise da acessibilidade da Direcção Geral da Administração e do Emprego Público, foram usadas duas ferramentas essenciais para descortinar problemas de acessibilidade. Estas foram o browser Opera e o software para pessoas com problemas de visão Jaws. O Opera consegue desformatar uma página Web, tirando-lhe as imagens, as frames, as folhas de estilo e a formatação por tabelas e o Jaws é um leitor de ecrã.

Combinando estas duas ferramentas, o site de DGAEP apresenta, desde logo, o problema da não leitura das imagens. E como a maioria das imagens são hiperligações, não se percebe para onde aquela hiperligação se dirige.

Quando se desformata o site e se tira as imagens, cria-se uma sobreposição de texto, completamente impossível de descodificar. Em termos de estilo, não há títulos, por exemplo. As únicas ênfases são os sublinhados e os negritos.

Desta forma, a análise automática e manual feita anteriormente torna-se mais consistente, mas os problemas principais já tinham aparecido antes. Esta análise só veio confirmar que é importante que as imagens estejam legendadas, e que a formatação, o estilo de uma página de internet, deve ser feita através de CSS’s e não através de HTML, para possibilitar a personalização e a acessibilidade de qualquer conteúdo online.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: